Localização: M=216,7; P=280,2; folha 323, S.C.E. (1: 25 000).

Nesta propriedade, situada no declive que desce para o Tejo, e relativamente próximo da povoação de Alvisquer, foi-nos mostrada a "Pedra da Viola".

É constituída por uma laje de granito, afeiçoada, que podemos considerar organizada em dois elementos: uma parte circular e um "corpo" irregular.

Encontra-se juntamente com outros blocos boleados de granito, num grande afloramento denominado "Penedo Mouro", e era conhecida pela população de Alvisquer.

Tem um comprimento máximo de 1,95 metros, tendo a parte circular 0,75 de diâmetro. Apresentou um dos nós este "megálito" na mesa redonda em Belver, tendo nessa altura o sr. dr. Beleza Moreira defendido a hipótese de se tratar de uma enorme cabeceira de sepultura.
Ora deixando uma nota, uma chamada de atenção que o Blog "Gavião no Alentejo" aos seus leitores deixa, que continuando a transcrever a história de um povo e seus muito queridos monumentos, um trabalho feito por Rogério Pires de Carvalho e João Luís Cardoso e que Rogério Pires Carvalho deixou ao administrador do blog, quando andou na Comenda também fazendo um levantamento, o blog que ficando com muita pena não lhe pode dar uma definição na etiqueta...
publicado por DELFOS às 10:13