Mas o nome é poético.
Mas o nome é a pura poesia em filosofia...

A capela... O sete... A Fonte ou lá as fontes. E tudo junto parece a mais pura calma em uma irmandade...
É mais um culto matriarcal.
Mariano se o diga e se o registe.
É mais uma mãe no meio de outras mães, filhas apenas de uma Grande Mãe, a mãe de todas as mães do mundo...

Mas o blog pensava e em seu pensamento andava com um penso e que o seu juízo o formava e imaginava que era só as terras de Comenda a coisa se passava e afinal coisa se passa igual no lugar de Torre Fundeira uma terra de "Terras de Belver" e a coisa não deixa de ser igual mais mal do que o pensava e um dia o não acreditava e o julgava lá com o penso...

Mas o blog, o "Terras de Belver", adiante levando lá esta alma de este povo e sangue de este ser gente continua a registar o trabalho do seu amigo Rogério Pires de Carvalho que um dia lhe deixou nas terras de Comenda e do seu amigo João Luis Cardoso também " Contribuição para a carta arqueológica da freguesia de Belver".

Venham daí.
Venham visitar estas terras.
Venham visitar estas terras onde o alto e o abismo fazem um sexo muito maravilhoso.
Elas são belas. Que coisas maravilhosas do outro mundo o são.
Não perdereis o tempo... Apenas vos ganhareis a vós próprios.

"Situa-se nas imediações do lugar de Torre Fundeira, na propriedade do mesmo nome, muito perto do conjunto de antas referido.
É uma construção do séc.XVI, isolada, actualmente utilizada como palheiro e local de arrecadação de alfaias agrícolas. Tanto exterior como exteriormente, foi objecto de profundas transformações que alteraram a sua traça primitiva.
Na parede lateral direita, foi preservada uma placa de mármore branco, onde, em caracteres bem lançados, se pode ler o segundo texto:
ESTA CASA DE NOSA SENRA/DAS SETE FONTES . MADOV/FAZER . BRAS DIAZ . CAPE/LÃO DEL REY . E VIGRO DA CIDA/DE DE CHAUL . O ANO D . 1554 .
Julgamos - assim eles o diziam - que, para além do interesse que haveria em investigar esta personagem, seria importante o estudo e a recuperação deste imóvel, certamente uma das construções mais antigas da Freguesia", mas o blog concorda desde já.
Está assim com os seus botões a si se perguntando se ela não teria já partido para outras paragens.
Se ela partiu já para outras paragens, meus amigos a coisa está mesmo muita perigosa, um país ao Deus dará e sem lá lei e nem lá roque...
publicado por DELFOS às 16:01