Muito obrigado meus senhores, pelo vosso e-mail. Apenas são 21:16 da noite, uma noite que tem o nome de domingo e o sobrenome de 28/11/201o.

Não! Não podereis ter a faculdade de imaginar a luz que senti e a felicidade que me evadiu quando recebi o vosso mail. Eu apenas o penso que a cidadania funcionou... 

Memorando da Reunião de 08-10-2010

Aos oito dias do mês de Outubro de dois mil e dez, na sala de reuniões do edifício dos Paços do
Concelho de Portalegre, compareceram, em representação das entidades parceiras:
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
Não compareceram à reunião os Municípios de Arronches, Avis, Fronteira, Marvão, Monforte,
Ponte de Sôr, o Instituto Politécnico de Portalegre e a Associação de Agricultores do Distrito de
Portalegre.
Município de Alter do Chão – Sónia Carrilho;Município de Campo Maior – João Sanguinho;Município de Castelo de Vide – Ângela Santana; José Manuel Carvalho;Município de Crato – Sónia Mirrado;Município de Elvas – Carla Simões;Município de Gavião – Ricardo Aparício;Município de Nisa – Jaime Bozarro;Município de Portalegre – Emília Mourato Silva; Georgina carrilho, Teresa Narciso;Município de Sousel – Rosaria Coutinho;Associação Comercial de Portalegre – Elizabete Rocha;Fundação Robinson – Alexandra Carrilho;Fundação Alter Real – Sandra Veiga;NERPOR – Maria Emília Perestrelo;Turismo do Alentejo, ERT – José Santos;CIMAA – Ana Garrido, Carlos Nogueiro; José Conchinha;QUALIFICA – Alexandra Carrilho; Ana Calado.
2
Abertura:
Pelas 14:30 horas foi iniciada a reunião, onde se abordaram os seguintes pontos:
Documentação distribuída:
-
- Quadro do reajustamento do cronograma do Programa Estratégico;
- Aditamento às Fichas de Projecto do Programa Estratégico
- Protocolo de Financiamento
- Aviso de candidatura
- Plano de Animação do Alentejo
Quadro do reajustamento dos valores do Programa Estratégico;
1 –
Enquadramento do Programa Estratégico no INALENTEJO
2 –
Descrição do quadro resumo das Operações / Domínios de Intervenção
3 –
Reforço de alguns aspectos formais relevantes:
-
beneficiar da taxa de comparticipação de 80%.
- Antes de submeter uma operação, qualquer beneficiário terá de celebrar, com o
respectivo destinatário final, um protocolo em que sejam definidos os direitos e deveres
de cada um.
As operações que não forem submetidas até 31 de Dezembro de 2010 poderão não
4
– Exposição e debate sobre cada um dos projectos de investimento:
4.1
da Rede Urbana – Turismo do Alentejo, ERT
Um dos princípios da actuação do Turismo do Alentejo, ERT nesta operação será o
de não dividir o território e o de não duplicar conceitos. O enfoque recairá sobre a
nova linha de imagem produzida.
O Turismo do Alentejo, ERT encontra-se já a efectuar uma recolha de imagens,
aproveitando as horas de sol, ainda existentes nesta altura do ano, para criar um
banco de imagens a utilizar no futuro.
– Promoção e divulgação de recursos, activos e produtos representativos do património
3
4.2
ao património da Rede Urbana - CIMAA
O Município de Portalegre
da operação em causa:
- Ser realizada uma edição anual, durante três anos, de cada um dos eventos
Jogos Equestres Nacionais, Feira dos Saberes e Sabores e Feira do Património,
sendo que, excepto os Jogos Equestres Nacionais, os restantes não teriam
necessariamente de se realizar sempre no mesmo Concelho.
- Serem efectuados entre um a quatro procedimentos concursais para contratar
empresas que promovam, de acordo com a mesma linha orientadora e padrão
de qualidade, os eventos, de forma a garantir a elegibilidade das despesas.
- Cada parceiro suportará a parte do investimento não comparticipado proporcional
ao custo dos eventos que se realizarem no seu território.
Relativamente à
solicitado aos Municípios que, até dia 18-10-2010, comuniquem ao Município de
Portalegre, com conhecimento à CIMAA, o seu interesse em promover algum(s)
destes eventos, em que anos e com que valor estimado.
Relativamente à
menor dimensão que os referidos anteriormente), foi solicitado aos Municípios, e
restantes parceiros, que, até ao mesmo dia 18-10-2010, comuniquem ao Município
de Portalegre, com conhecimento à CIMAA, quais os eventos que pretendem incluir
no projecto, respectivos anos e valor estimado, sendo que os que forem indicados
deverão constar do Plano de Animação do Alentejo (promovido pelo Turismo do
Alentejo, ERT), salvo casos excepcionais que serão posteriormente analisados.
A forma de organização e de execução desta operação foi largamente debatida pelos
Municípios.
– Organização de eventos para divulgação dos recursos, activos e produtos associadossugeriu alguns pressupostos genéricos para à execuçãoFeira dos Saberes e Sabores e à Feira do Património, foiRede de eventos, feiras e festividades (eventos à partida de
4
4.3
Foi referido por alguns parceiros, designadamente os ligados ao sector empresarial,
NERPOR e Associação Comercial do Distrito de Portalegre, que, mais do que criar
um Gabinete de Promoção e Empreendedorismo para o Alto Alentejo, é importante
identificar o que é necessário para que os que já existem funcionem melhor e o que é
que poderão fazer de novo, em termos das suas competências.
No âmbito desta operação foi solicitado a t
da sua natureza
desenvolver.
– Promoção e estímulo da inovação e do empresário – Município de Portalegreodos os parceiros, independentemente, que indicassem até dia 18-10-2010, as acções que pretendem
4.4
A CIMAA informou os parceiros que, em princípio, a animação e governação da
Rede será efectuada conjuntamente pela sua estrutura técnica e pela do Município
de Portalegre, uma entidade enquanto representante de todos os Município e a outra
enquanto representante dos restantes parceiros e líder do Programa Estratégico.
Este facto permitirá reafectar alguma da verba prevista para a operação da
organização de eventos. No entanto deverá sempre ser conservado um montante
para a realização da
Estratégico.
– Animação e governação da Rede Urbana - CIMAAmonitorização e avaliação da execução do Programa
5
Para efeitos de tratamento de informação e posterior operacionalização de algumas
tarefas, foi criada uma equipa técnica de trabalho restrita, constituída por um membro
de cada um dos seguintes parceiros:
– Criação de uma equipa de trabalho técnica restrita
5
Foi agendada uma reunião da equipa de trabalho restrita para dia 21-10-2010, pelas
14.00 horas na sala de reuniões do edifício dos Paços do Concelho de Portalegre,
com a seguinte ordem de trabalhos:
- Análise de toda a informação remetida pelos parceiros;
- Elaboração de calendarização de cada acção integrada no projecto (reuniões
a realizar, elaboração das peças dos concursos, elaboração das
candidaturas);
- Definição das despesas elegíveis.
11-10-2010
CIMAA
Turismo do Alentejo, ERT
Município de Portalegre
Fundação Alter Real
NERPOR
Qualifica
Instituto Politécnico de Portalegre

Mas nestas coisas dos blog(s) sempre existe alguma coisa mais a dizer. Quando um empreendimento turístico está a ser construído, que está indo mais a boas, que património oferece esta terra a quem tem o prazer de a visitar. Mas mais, não se vai passar ao lado de toda uma etnografia que partiu e já não volta. Que falando dizendo, como se pode conhecer este Alentejo, se os caminhos, as suas artérias estão bloqueadas com porteiras e não dá para circular. Que quanos anos ando eu a lutar para se fazer escavações arqueológicas num determinado sítio e ninguém lhe liga nenhuma...
Vou tentar apagar o texto que tinha escrito, o mais me fez confusão são essas ou esses jogos, como pensando se outros não terão um melhor impacto.
Não sei já assim muita bem o que escrevi no outro texto. Gostava que fossem capaz de se recordar do rio Sôr e da ribeira de Seda e tivessem o prazer de contemplar a barragem da Maroteira....
ms_ss=hotmail&at_xt=4cc6ea35d21a0476,0
publicado por DELFOS às 15:11